Aprenda a resfriar o interior do carro mais rápido nos dias quentes

Um dia de sol forte, seu carro fica exposto algumas horas e quando você vai entrar está literalmente um “forno”. Para gelar o interior rápido, normalmente a saída...

836 0
836 0

Um dia de sol forte, seu carro fica exposto algumas horas e quando você vai entrar está literalmente um “forno”. Para gelar o interior rápido, normalmente a saída é ligar o ar-condicionado na potência máxima, com os vidros fechados. Apesar de parecer lógica, a ação não é a mais eficiente porque aumenta o tempo de resfriamento.

De acordo com o engenheiro mecânico, Sérgio Eugênio da Silva, que é também especialista em ar-condicionado automotivo, no verão a temperatura dentro do veículo chega tranquilamente aos 60°C. “O recomendado nesse caso é abrir as janelas ou portas do carro primeiro, esperar o vapor quente sair e ligar o ar- condicionado no máximo, sem re-circular, puxando um novo ar da atmosfera”, explica.

recirculacao
Para resfriar o interior mais rápido, botão de recirculação do ar deve estar desativado. (Foto: GM/ Divulgação)

Essas medidas podem reduzir o tempo de resfriamento da cabine até 10 vezes. “Retirando a massa de ar quente, a pessoa já começa a sentir o conforto térmico entre três e cinco minutos e aí é só bloquear a entrada de ar externo e ajustar a ventilação”, diz o especialista. “Se não abrir as janelas e portas antes e a recirculação de ar estiver acionada, o mesmo processo pode levar até 40 minutos”.

Antes de desligar o carro e o ar, outra recomendação importante. “Quando estiver de dois a três minutos do destino, é recomendável colocar o ar na potência máxima novamente ou acionar o ar quente em dias de temperatura mais ambiente, porque os fungos gostam de locais escuros, poeira e água gelada e isso é tudo que eles encontram nas caixas de ar”, conta. “A velocidade alta da ventilação elimina a umidade e desligar o sistema de ar antes de estacionar também ajuda a evitar a proliferação de fungos”.

ar-condicionado
Antes de chegar ao destino, é preciso acionar o ar na potência máxima ou aumentar a temperatura para secar os dutos e evitar a proliferação de fungos (Foto: Divulgação)

Potência máxima não consome mais
Se ao ler essas dicas você ficou preocupado com o consumo do carro, saiba não há uma diferença perceptível no consumo ou na potência se alterar a temperatura ou a velocidade do ventilador. De acordo com o engenheiro mecânico Sérgio, em qualquer uma das situações, o compressor – que é o responsável pelo leve aumento de consumo – funciona com a mesma carga de força produzida pelo motor. “É uma diferença desprezível, principalmente perto do conforto que gera”, conclui.

In this article

Deixe um comentário