Aprender a tocar violão pode parecer difícil, mas é, acima de tudo, o sonho de muita gente. Porém, na maioria das vezes, o sonho é deixado de lado, resultado de escolas caras e desistência pessoal. O que muitas pessoas esquecem é que para se tornar mestre em algo que se admira, o esforço é inevitável. Aprender a tocar violão sozinho demanda um esforço redobrado, mas a recompensa apesar de intangível, é incrivelmente satisfatória. Separamos 5 passos iniciais para alavancar a conquista de aprender a tocar um instrumento musical e você será impulsionado a não desistir do seu sonho a partir de agora!

1. CONHEÇA O VIOLÃO

O violão e possui inúmeros mistérios em suas cordas, mas antes disso, é necessário aprender os seus elementos básicos. O violão é divido em três partes, sendo elas: o corpo, o braço e a mão. A boca do violão fica concentrada em seu corpo e é responsável pela propagação do som. O cavalete fica abaixo da boca do violão, e é utilizado para prender as cordas, esticando-as. As tarraxas ficam na “mão do violão” e são utilizadas para esticar ou soltar as cordas do violão, elas também são responsáveis pela afinação das cordas. Já o traste fica no braço do violão, separando as casas e determinando o local exato onde as notas se encontram.

2. COMPRE O SEU VIOLÃO

Agora que você já entendeu, de forma básica, como um violão funciona, chegou a hora de adquirir o seu para começar os treinos. Lembrando que é extremamente fundamental que você tenha o seu próprio violão, visto que o seu aprendizado se baseia na prática e não apenas na teoria. A Zema dispõe de um departamento de Instrumentos Musicais onde você pode escolher o seu violão e começar as aulas de violão o quanto antes!

3. APRENDA A SEGURÁ-LO

Apesar de intuitivo, o violão possui duas maneiras corretas de se segurar. A mais aconselhada é a popular, onde o corpo do violão ficará apoiado em sua perna direita. Já a outra maneira é chamada de postura erudita, onde o violão ficará mais erguido, com corpo apoiado em sua perna esquerda. Como o nome já revela, a postura erudita é utilizada para tocar músicas mais clássicas, já a postura popular, mais utilizada para músicas contemporâneas. O seu braço esquerdo ficará responsável por segurar as cordas em notas no braço do violão com firmeza, já o braço direito fará a emissão do som na boca do violão, tocando as cordas conforme a batida da música. Essa regra vale para os destros, mas os canhotos não precisam se preocupar, visto que é só inverter a posição dos braços num violão para canhoto.

4. COMO POSICIONAR OS DEDOS?

Tratando-se de destros, a sua mão esquerda possui uma numeração para facilitar na hora da releitura de cifras. A partir do dedo indicador, a ordem segue como 1, 2, 3 e 4. Já a mão direita, segue somente com a nomenclatura dos dedos. É importante entender essa regra pois a posição em que os dedos devem estar segurando ou tocando as cordas irá determinar a emissão do som no violão.

5. SEJA PERSISTENTE

Aprender a tocar violão é uma tarefa que demanda dedicação e prática, pois só assim será possível atingir o seu objetivo. Até calejar, os dedos podem doer um pouco e isso deve servir como incentivo ao invés de te sujeitar a desistência. A categoria de Instrumentos Musicais da Lojas Zema está esperando a sua visita!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here